Deuses nórdicos mais fortes: confira os melhores!

0

Venerados pelos povos Vikings da antiguidade, os deuses nórdicos mais fortes eram aqueles que a população acreditava que eram capazes de proteger e ajudar seus conterrâneos nas diversas atividades do dia-a-dia Viking, sejam essas atividades violentas como guerras e batalhas, até coisas mais simples como agricultura.

Os deuses nórdicos mais fortes eram, em sua maioria, chamados também de Aesir, nascidos no mundo chamado Asgard, mas alguns deuses também originam de outros lugares, como os Vanir de Vanaheim e os Gigantes de Jotunheim ou Muspelheim.

Deuses nórdicos mais fortes

A força e o poder dos deuses tinha como base as capacidades e os feitos de cada um deles, assim como a utilidade deles no panteão nórdico. Diferente do que ocorre em outras mitologias, os deuses nórdicos mais fortes eram aqueles considerados como divindades responsáveis por controlar mais de um elemento. Para inteirar você sobre, montamos aqui uma lista com os deuses nórdicos mais fortes – confira!

Odin

Conhecido como o pai-de-todos, Odin foi um dos principais responsáveis por derrotar o gigante Ymir e usar seus pedaços para montar os nove reinos. Entre os deuses nórdicos mais fortes, Odin se destaca de todos, sendo considerado o deus da sabedoria, da guerra, da morte, da magia, da profecia e da vitória.

Thor

O mais poderoso entre os filhos de Odin, Thor era um deus muito mais venerado do que seu pai, mesmo sendo hierarquicamente inferior. Portando seu martelo mágico Mjolnir, Thor era retratado como um excelente guerreiro de força absurda. Era adorado como deus dos trovões, dos raios, dos bosques e árvores, da força e da fertilidade.

Tyr

Filho mais velho de Odin com Freya, Tyr era retratado como um guerreiro empunhando uma lança e sem uma de suas mãos, esta que fora arrancada pelo lobo gigante Fenrir em uma tentativa de prendê-lo. Por ser um guerreiro hábil e extremamente justo e honesto, Tyr recebeu a alcunha de deus da guerra, do combate, dos juramentos e da justiça.

Frigg

Em um reino dominado por deuses belicosos, violentos e guerreiros, Frigg demonstra seu poder sendo capaz de acalmá-los. Esposa de Odin, mãe de Tyr e Baldur e madrasta de Thor. Entre os deuses nórdicos mais fortes, a presença de Frigg era tão poderosa que ela era capaz de apartar quaisquer tipos de conflitos, o que a levou a ser considerada como sendo deusa da união e do amor, e também como protetora das mães e das famílias.

Baldur

O mais belo e querido entre os deuses nórdicos mais fortes, Baldur era um deus poderoso não pelos seus feitos, mas sim pelo o que a sua presença significava. Era considerado o deus da eloquência, da luz e da paz. Foi morto pelo seu próprio irmão, este que fora enganado por Loki em um de seus acessos de inveja. Sua morte desencadeia o início do Ragnarok, o apocalipse da mitologia nórdica.

Freya

Líder do clã Vanir do reino de Vanaheim, Freya é uma mulher muito bela e desejada por todos, de deuses até mortais. Reside em Asgard e atua como Rainha das Valquírias, guerreiras míticas responsáveis por levar guerreiros mortos para Valhalla, apesar de Freya desviar alguns deles para seu castelo, Fólkvangr. Freya era representada como deusa da beleza, da fertilidade, da música, da sexualidade e do balanço entre vida e morte.

Loki

Gigante de gelo que é considerado como irmão de Odin devido a um pacto de sangue. Conhecido por ser brincalhão e manipulador, Loki vivia pregando peças e tentando enganar os deuses, algo que era de sua natureza, o que fez com que ficasse conhecido como o deus da trapaça e da travessura. Está presente em muitas das histórias e é o principal antagonista durante o Ragnarok, onde comanda um exército de gigantes.

Surt

Rei dos gigantes de fogo, Surt reside em Muspelheim, um reino coberto de lava e chamas onde nem deuses aguentam o calor. Surt é um dos responsáveis pelo Ragnarok, evento onde até mesmo os deuses nórdicos mais fortes acabam morrendo em um enorme apocalipse. Vive em uma enorme forja onde passa o tempo todo fabricando sua gigantesca espada de fogo que será usada para destruir Asgard.

Heimdall

Em um reino dominado pelos deuses nórdicos mais fortes, seria necessário alguém de extremo poder e disciplina para cuidar deles, e é aí que Heimdall entra. O intitulado protetor de Asgard atua como guardião da Bifrost, a ponte que liga Asgard aos outros reinos. Dotado de sentidos extremamente aguçados, Heimdall ouve, vê e sente tudo o que ocorre nos nove reinos, e passa todas as informações importantes para os outros deuses.

Com feitos impressionantes e poderes inimagináveis, os deuses nórdicos eram um reflexo do povo viking, representado como guerreiros ou pelo menos entendedores de guerra, mas também como agricultores e trabalhadores do campo. Freya e Frigg são exemplos de como os nórdicos espelhavam suas vidas na mitologia, representando as principais mulheres do panteão como figuras belas e amorosas, porém capazes de guerrear quando necessário.

Qual a história dos principais Deuses nórdicos?

‌Em meio a um enorme vazio chamado Ginnungagap, haviam dois mundos: Muspelheim, o mundo de fogo e calor eterno, e Niflheim, o mundo gelado coberto de névoa densa. Da junção destes dois mundos surgiu Ymir, o gigante de gelo primordial, que permaneceu adormecido durante eras. De seu corpo em repouso, brotaram diversas criaturas e alguns gigantes, esses que originaram a ascendência dos gigantes subsequentes.

Qual a história dos principais Deuses nórdicos?
Fonte/Reprodução: Wikipedia.

No meio do gelo foi encontrada uma criatura chamada Buri, que deu cria a Bor, o primeiro deus nórdico. Os dois travaram uma guerra interminável com os gigantes, mas Bor casou-se com uma gigante chamada Bestla e com ela teve três filhos: Veli, Vi e Odin. Os três então se juntaram e derrotaram Ymir, e usaram seu corpo para esculpir os nove reinos, dando origem ao universo e a todos os deuses que viriam em sequência.

Principais Deuses de Asgard

‌A mitologia nórdica conta com uma quantidade enorme de deuses, criaturas e divindades, mas é sabido que os deuses nórdicos mais fortes residem, em sua maioria, em Asgard, onde eles aproveitam o reino feito de ouro e aproveitam a imortalidade oferecida pelas maçãs douradas da deusa Idun e dos intermináveis banquetes servidos diariamente.

Entre os deuses de Asgard, Odin principal, sendo o rei dos reinos. Thor é o guerreiro mais hábil entre os deuses, mas não é a única fonte de proteção, visto que Heimdal também protege Asgard, guardando a ponte Yggdrasil e vigiando os reinos. 

Freya é uma das deusas mais importantes também, visto que ela comanda as Valquírias, que por sua vez comandam e treinam os einherjar, que são os soldados de Odin que defendem Asgard dos gigantes durante o Ragnarok. Freya pega alguns para si e os leva para seu palácio Fólkvangr, onde monta seu próprio exército para caso Odin ataque Vanaheim.

A mitologia nórdica é uma junção de contos fantásticos que reúnem histórias épicas que cativam as pessoas até os dias de hoje, influenciando na cultura pop através de músicas, quadrinhos, filmes, séries e livros que são consumidos e repassados de geração a geração. Sabendo agora quais são os deuses nórdicos mais fortes, acesse outras abas do site para conhecer mais cada um dos deuses, criaturas e eventos citados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.